Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘pecado’

Olá queridos,

Uma das passagens mais exemplares da bíblia na minha opinião é a história de Noé construindo a arca. Um exemplo de perseverança. Noé teve 3 filhos.. Sem, Cão e Jafé e recebeu a ordem de Deus para construir a arca. Noé tinha quinhentos anos quando começou a construir a arca. Ele demorou mais ou menos 100 anos para construí-la. Meu Deus!

Em um lugar geograficamente longe de rios, de mares.. que nunca tinha chovido! Já pararam pra pensar nisso? Época que não existia uma serra elétrica, um bom martelo. O tamanho da arca foi mais ou menos a altura de um prédio de 7 andares e largura de um campo e meio de futebol. Que que isso! Isso é exemplo de perseverança. O resto é fichinha viu, fico constrangido por tamanha perseverança!

Perseverança no grego é hupomone que significa constância em uma prova prolongada, paciência onde não há remédio, etc.

Percebo que hoje em dia, facilmente desistimos de muitas coisas que aparentemente são difíceis e demoradas para se concretizar. Já parou para pensar se Noé não fizesse a arca? Ele perseverou, foi até o fim e completou a obra que Deus tinha designado para a vida dele na terra. Imagina ficar 100 anos com um foco? Ele tinha um foco.. uma meta.

Muitas vezes recebemos uma direção de Deus e de repente vamos para um rumo totalmente diferente do que o princípio, mas Deus neste dia está te chamando para voltar e perseverar pois assim como Noé, você tem um propósito que vem do coração dEle que poderá mudar uma nação e ele precisa de você para operar milagres, prodígios e maravilhas. Não desista do que Deus te falou! Não dê ouvidos aos homens. Salmos 118:8- “É melhor confiar no SENHOR do que confiar no homem”.

Hebreus 12:1 –  “PORTANTO nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta”

Correr com paciência também significa perseverar.

Vá em frente e persevere! Existem pessoas que precisam ser resgatadas, restauradas através da “arca” que Deus te mandou construir. Vá!

Read Full Post »

A História registra muitas frases célebres, mas nenhuma tão célebre quando esta de Jesus, no Calvário. Duque de Caxias, na batalha de Itororó: “Sigam-me os que forem brasileiros”.” Júlio César, no ano 49, na batalha do Rubicão: “A sorte está lançada” D. Pedro I, 1822, ás margens do Ipiranga: “Independência ou morte”

Jesus Cristo, na guerra do Calvário: TETELESTAI! ESTÁ CONSUMADO!

 

Durante os últimos momentos em que Jesus ofereceu a Sua vida, Ele afirmou: “Pai, nas Tuas mãos entrego o meu Espírito” e depois exclamou em voz alta: “Tetelestai!” – “Está consumado ” Tetelestai era o carimbo colocado sobre o documento de compra de um escravo quando todo o preço já havia sido pago.
Tetelestai era o registro legalmente reconhecido de que está pago. O Escravo foi comprado e jamais alguém poderá cobrar novamente o seu preço.Durante o primeiro século, era prática comum pregar o documento de acusação de um preso na porta da sua cela. Os crimes de que era acusado e o castigo que lhe tinha sido imposto, estavam descritos nesse documento. Depois do preso ter cumprido a sentença, o documento era retirado da porta, e cancelado pela aposição da palavra tetelestai – (cumprida na totalidade). O referido documento era-lhe então entregue, e ninguém podia jamais acusá-lo dos mesmos crimes.Quando Jesus disse a palavra “consumado”, significava “a dívida está quitada”!

Naquele tempo, a palavra tetelestai era também utilizada com relação a campanhas militares bem-sucedidas contra o inimigo. Quando um general regressava do campo de batalha e fazia marchar os seus prisioneiros de guerra pelas ruas de Roma, costumava proclamar a sua vitória gritando: tetelestai… tetelestai. Com este grito de vitória, fazia afirmação clara que o inimigo havia sido vencido e que o seu poderio havia sido quebrado: Missão terminada! Embora esta palavra tenha sido a Sua última palavra antes de expirar na Cruz, Jesus também proclamou com ela a Sua vitória sobre o inimigo com o grito: Tetelestai!

Essa palavra, “Tetelestai”, está carimbada na conta de todo aquele que aceita o sacrifício de Jesus Cristo, e nasce de novo. O sacrifício de Jesus na cruz pagou totalmente a dívida do pecado!Não foram as últimas de um Messias derrotado, fracassado, fraco e ingênuo.Foi um Grito de Vitória por ter atingido 100% os Propósitos do Pai. Os Propósitos foram totalmente concretizados.

Estas últimas palavras significavam:

Eu consegui o que nenhum animal, nem sangue, nem sacrifício conseguiu.Eu terminei a grande obra de Meu ministério terreno. Eu paguei toda a dívida resultante dos pecados dos homens. Eu cumpri todas as profecias relacionadas com minha Primeira Vinda. Eu anulei todas as sentenças decretadas pela ira de Deus. Eu afastei todo o peso da ira de Deus contra os homens. Eu rasguei o véu que impedia o acesso ao Santo dos santos celestial. Eu venci o terrível vencedor milenar dos homens. Eu completei as feridas e pisaduras que vão curar milhões e milhões. Eu acabei de abrir a porta do Céu para todos os que crêem.Tenho executado os grandes desígnios do Todo-Poderoso.Tenho satisfeito as exigências da justiça.Tenho cumprido tudo quanto foi escrito pelos profetas.E agora o caminho para o Santo dos Santos se tornou manifesto por meio do meu sangue.

O que foi consumado?

Os sofrimentos ordenados por Deus foram terminados.Todos os símbolos e profecias do Velho Testamento foram cumpridos.A Lei foi abolida. Rm 10:4 – Aquelas leis apontaram à cruz.O preço do pecado foi pago completamente. A maldição que estava sobre nós foi quebrada – Gl 3.13 O trabalho da Redenção estava agora completo. Esta é a Missão, a Obra Principal.Morrer foi uma grande vitória para Jesus. “…para que pela morte, Ele pudesse destruir aquele que tinha o poder da morte, isto é, o Diabo” (Hb 2:14).

E Ele fez isso tudo POR VOCÊ. Que amor é esse!

 

Read Full Post »

“Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” (I Tss.5.18).

O ser humano tem a tendência de focalizar apenas as coisas negativas. Por exemplo, se alguém fala do governo, normalmente só se lembra de mencionar o que não foi realizado e o que deu errado na administração. Se falarmos do tempo, é para reclamar do calor, do frio, da chuva, ou da falta dela. Estamos sempre enfatizando aquilo que falta em nossas vidas. Assim, tornamo-nos pessoas que só reclamam, murmuram e lamentam.

Aliás, a murmuração foi um dos pecados cometidos pelo povo de Israel no deserto que mais ofenderam a Deus. O Senhor enviava o maná todos os dias, mas o povo não agradecia. Pelo contrário, reclamava de tudo, até das bençãos que Deus dava.

A palavra de Deus nos incentiva a termos em nossos lábios o louvor e a gratidão ao Senhor. Você pode fazer isso? Mas, pelo quê poderíamos agradecer? Talvez, num primeiro instante, pode parecer que não existem motivos. Porém, se pensarmos um pouco, logo nos lembraremos de inúmeras razões de agradecimento. Experimente fazer uma lista de tudo o que há de bom em sua vida: seus bens, seu emprego, seu salário, sua saúde, o alimento, os entes queridos, etc. De repente, você vai ver que, enquanto pensava naquilo que falta, estava se esquecendo de agradecer a Deus por aquilo que ele já lhe concedeu.

Se, ao fazer essa análise, você constatar que não tem nada para agradecer, lembre-se que você tem o dom da vida, que é um milagre de Deus. As pessoas podem fazer muito por você, mas sua vida só Deus pode manter ou tirar. Sua vida representa a oportunidade máxima para toda e qualquer realização ou aquisição que você possa conseguir. Agradeça a Deus por isso.

Talvez você pense que recebeu tão pouco e, por isso, é insatisfeito. Certa vez, Jesus contou uma parábola a respeito de um senhor que deu cinco talentos a um servo, dois talentos para outro, e um talento para o terceiro. Os dois primeiros servos trabalharam com aquele dinheiro e o multiplicaram, enquanto que aquele que recebeu um talento ficou magoado e ressentido contra o seu senhor. Aquele homem foi ingrato, não trabalhou com o dinheiro recebido e, por fim, perdeu o talento. Qual será a nossa situação? Achamos que recebemos pouco?

Certa vez Jesus juntamente com os seus discípulos pegou 5 pães e 2 peixinhos DEU GRAÇAS e o milagre da multiplicação aconteceu. Ás vezes nós queremos o milagre, mas não damos graças pelo pouco que temos. O milagre na sua vida só irá acontecer quando você der graças por aquilo que Deus te deu.

Sejamos gratos ao Senhor. Vamos trabalhar para que aquilo que o Senhor nos deu seja multiplicado. Esta palavra não é um incentivo ao comodismo, mas uma admoestação para que a ingratidão não tenha lugar em nossa vida.

Não nos esqueçamos de agradecer. Um dia, Jesus curou dez leprosos. Apenas um voltou para agradecer. Aí então, recebeu uma benção maior. Jesus lhe disse: “Vai em paz. A tua fé te salvou.” Na hora de pedir, forma-se uma grande multidão. Na hora do agradecimento, poucos aparecem.

Que estejamos no meio deste pequeno grupo que não perde a oportunidade de olhar para o céu e dizer: Senhor, muito obrigado!

Read Full Post »